a regiao
find more about weather in itabuna, bz
17.Fevereiro.2018
malha fina

Tocando o gado

O prefeito ficha-suja Fernando Cuma telefonou ordenando que os indicados do governo batessem ponto na abertura dos trabalhos legislativos. A gorda Marilice colocou fiscal na entrada conferindo o nome de quem chegava.

Don Juan...

Os comissionados compareceram em massa e o ficha suja foi representado pelo vice Fernando Vita, que rasgou elogios à vereadora Charliane. “Você é linda, a vereadora mais bonita do Brasil”. Já apelidaram de Don Vita Juan.

Tudo combinado

Dizem que os rasgados elogios que o vice Fernando Vita fez aos vereadores não passa de acordo, feito na calada da noite, entre ambos para evitar a demissão dos indicados dos vereadores e a volta do aumento da passagem.

Trocando peças

cururus Sargento Raimundo é o novo diretor do Sac de Itabuna, por indicação de PCdoB, mas sem consenso. Foi indicado pelo "suplente em exercício" Davidson Magalhães, que sonha em ser deputado de verdade mas é ruim de votos.

Lagoa tumultuada

O camarada Wenceslau Junior deixou claro, entre amigos, que não gostou nem um pouco da exoneração de Héllade Guimarães para dar lugar a uma indicação de Davidson. Será que isso acaba com o amor entre os cururus?

PM faz diferença

Itabuna não teve carnaval oficial, mas sofreu com um festival de assaltos, roubos e assassinatos. Já Ilhéus, que teve carnaval de rua, não registrou uma ocorrência sequer. A diferença é que a PM da cidade não foi a Salvador.

Bandidagem com Rui

Em Itabuna, a bandidagem agradece comovida pelo apoio do governador Rui Costa, que desviou a maior parte dos PMs da cidade para atuar no carnaval de Salvador e de Porto Seguro. Prometem até votar nele em outubro.

Tá liberado...

Enquanto policiais militares retornam do carnaval de Salvador, em Itabuna uma câmera de segurança fragou um bandido tomando a moto de um ex-secretário de Vane em plena luz do dia, no bairro São Caetano. Na tora.

Com aliados assim...

Ela sempre foi retada. Rúbia Carvalho, hoje no PSB, detonou o governador Rui Costa em um discurso na Praça JJ Seabra, em defesa do Hospital Regional. E foi dura: "ou o hospital fica aberto, ou ninguém vota em Rui Costa".

Universo virtual

O prefeito de Itororó, Dr. Adauto, acaba de criar um universo paralelo. Ao mesmo tempo em que a SAAE ameaça racionar o abastecimento por falta de água, ele decreta estado de emergência "por causa das fortes chuvas".

Receita errada

Moradores sem água na torneira e fazendeiros com pastos secos estão fazendo fila na porta da prefeitura para saber onde estão estas "fortes chuvas", já que no céu não tem nenhuma. Pelo jeito a seca é "psicosomática".

Inutilidade pública

Dizem que a disputa entre Sergio Gomes e Rafael Moreira para ter o apoio do ficha-suja Fernando Cuma em suas pretensas candidaturas a deputado não faz sentido. Nenhum dos dois tem chance e Cuma não transfere votos.

Tirando onda

joao mamao Enquanto funcionários efetivos da Prefeitura de Itabuna passam privações e humilhação por conta dos salários atrasados, o aspone João Mamão faz pose dentro do banco exibindo o salário recebido religiosamente em dia.

Pelas costas

Não é conversa da oposição. São dois cumistas "de raiz" que espalham o esquema de corrupção no Hospital de Base. Eles receberam de funcionários cópia da folha do HBlem, denúncias de roubos e de mamatas imorais.

Dor de cotovelo

Os dois fernadistas históricos estão indignados (talvez porque não estão recebendo uma parte) e por isso contam para quem quiser ouvir. "Tem dois diretores ganhando mais de R$ 150 mil com plantões falsos", dizem.

Plantão "virtual"

Segundo as más línguas cumistas, o esquema soma plantões que não foram dados e serviços não prestados com o salário. Um, segundo os cumistas, seria o já famoso José Henriquei e o outro Gilvan Silveira. Será mesmo?

É fácil comprovar

Se o Ministério Público Federal (as verbas são federais) tiver interesse, basta pegar o registro das escalas de plantão, o relatório da enfermagem e comparar com a presença dos diretores. E conversar com as enfermeiras.

Caixa afro-brasileira

Este esquema é possível porque todos os médicos do HBlem são pagos através de empresas montadas por eles. Ninguém sabe quantos ou quando trabalham, quantos exames e consultas fazem. É uma enorme caixa-preta.

Tá explicado

Dizem que o ex-vereador Ruy Machado opera maravilha$ para manter a atual ge$tão do matadouro Municipal. Cobra a fatura todo mês. Está explicada a ameaça de quebra do contrato, mais um prato de engorda do caixa 2.

Decepcionado

Ruy diz que opera em nome de Sérgio Gomes, para irritação do puxa saco Mané 100. Ele acreditou que teria o matadouro sob seu comando e já estava tirando pedidos de entrega de carne "virtual" para o Hospital de Base.

Palavras mágicas

Dizem que, na mensagem do executivo lida na abertura dos trabalhos legislativos, quando o vice Fernando Vita disse “será priorizada a captação de recursos para ações governamentais” os olhos dos vereadores brilharam.

Modelito italiano

As mãos de suas excelências coçaram, não esconderam o sorriso com a possibilidade de rentáveis negócios para este ano. Por sinal, o discurso foi recheado de promessas de "união" e "fidelidade" típicas da máfia italiana...

Era só mais uma "cuiuda"

O ex-deputado desempregado Geraldo Simões deve estar insatisfeito com ele mesmo. Divulgou um suposto acordo com Josias Gomes e Rosenberg Pinto para assumir uma secretaria no estado em troca da sua candidatura.

Chance é zero

Geraldo esqueceu 3 coisas. Que mentira tem perna curta, que sua candidatura não vale um sanduba de mortadela e que, enquanto Rui for governador, ele não assume nenhum cargo, até porque o ascensorista é terceirizado.

Caixa obeso

No início da gestão do ficha-suja Fernando Cuma, ele pagava à Biosanear R$ 1,7 milhão para coleta de lixo através de contrato emergencial. Hoje, esse valor passa de R$ 2,3 milhões, depois de licitação fora da lei, como o caixa 2.

Essa alma vai falar?

Por conta do aumento, o vereador Ederson Guinho pediu à Biosanear a relação detalhada de todos os funcionários e suas funções. Passado o prazo, a empresa não deu a mínima. Se não cobrar de novo, o cala boca chegou antes.

|