a regiao
booked.net
claudio humberto
20.Julho.2024

'Esquerda’ têm cidades mais violentas

O ranking do Anuário Brasileiro de Segurança Pública revela que as três cidades brasileiras mais violentas estão em estados com governadores que apoiaram o presidente Lula (PT) nas Eleições de 2022. No topo, Santana, no Amapá do governador Clécio Luís (SD); a taxa de mortes violentas intencionais (MVI) atingiu 92,9% em 2023. A cidade é seguida por Camaçari, com taxa de MVI em 90,6%; e Jequié, com MVI em 84,4%; todas duas na Bahia, do governador petista Jerônimo Rodrigues.


Estranho no ninho

O Mato Grosso é o único estado com governador oposicionista (Mauro Mendes-União) no top 10. Sorriso, em 4º, tem taxa de MVI em 77,7%.


Tá em todas

Quando apurada a letalidade policial, estados esquerdistas nadam de braçada. Jequié, outra vez na Bahia de Jerônimo Rodrigues, leva o topo. O ranking da letalidade policial têm ainda outras duas cidades do Amapá, quatro da Bahia e duas de Sergipe, governado por Fábio Mitidieri (PSD).


Vale sempre lembrar

O governo Lula bateu o recorde histórico com gastos de viagens em 2023: R$2,3 bilhões, dos quais R$1,4 bilhão custeou apenas diárias.


Foi sucesso

Lotou evento com Jair Bolsonaro na Praça Sanz Pena, na Tijuca, Rio de Janeiro, na quinta (18). Uma multidão se aglomerou perto do trio para ver o ex-presidente. O governador Cláudio Castro (PL) também marcou presença.


Constrangimento

Lula tomou enquadro da Anistia Internacional após piada relativizando violência doméstica, “Além de não ter graça, o comentário de Lula normaliza uma tragédia brasileira que deveria preocupar todo mundo”.


A desculpa de sempre

Outra vez, o presidente Lula responsabilizou a imprensa pela verborragia que acabou relativizando violência contra mulher caso o agressor seja corintiano. Sugeriu que a imprensa é que tira a frase do contexto.


Sobrevivência

“Não é uma questão de honra, é uma questão de sobrevivência política censurar os internautas”, anailsa o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP) sobre a sanha de Lula por regular as big techs.


Deputados preparam CPI ‘amigos de Lula’

As suspeitíssimas benesses conferidas aos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da J&F, JBS etc., entraram na mira de deputados federais, que correm para coletar assinaturas, instalar a CPI e investigar a edição da Medida Provisória 1232/24 e a relação dos irmãos com o alto escalão do governo Lula (PT). “Fazer ‘esquema’ está no DNA dos governos do PT. Foi assim no passado e os maus exemplos, como esse, estão se repetindo no presente”, conclui Ricardo Salles (PL-SP), autor do pedido.


Sem risco de calote

A MP reforçou caixa da Amazonas Energia permitindo pagamento para termoelétricas recém-compradas pela Âmbar Energia, dos dois irmãos. “Não é possível admitir que uma MP seja editada para o exclusivo benefício de amigos do presidente Lula”, destaca o pedido de CPI.


Escondido

As 17 reuniões com membros do Ministério de Minas e Energia, incluindo o ministro, e omitidas da agenda, também entraram na mira da CPI. O autor lembra a prisão dos Batistas, suspeitos de gatunagem na Lava Jato, “É questão de tempo para voltarem todos para a cadeia”, diz Salles.


Outro ritmo

Entre 2017 e 2021, gastos com cartões corporativos ficaram entre R$50 e R$57 milhões. Em 2022 foram a R$90 milhões e 2023 bateu o recorde? R$ 90,6 milhões.


Só promessa

O governador Eduardo Leite (PSDB) anunciou que vai colocar recursos próprios do Rio Grande do Sul para socorrer o setor privado. O motivo: a ajuda prometida pelo governo Lula não chegou. “Cansamos de esperar”.


Biden da Silva

A admissão de Lula de que leu o discurso sobre pessoas com deficiência após aquiescer a pedido de Janja para “tomar cuidado” com as palavras porque “essa gente tem a sensibilidade aguçada” teve efeito imediato. De comparações com Biden à dúvida: “essa gente?”


Taxa Humana

Parou na Times Square um dos memes do Fernando Haddad (Fazenda) por causa da sanha arrecadatória do ministro. Por lá, foi a imagem do “Taxa Humana”, alusão ao Tocha Humana, personagem dos quadrinhos.


Turbinou

Enquanto Joe Biden pena para conter debandada de doadores para campanha presidencial nos EUA, Donald Trump ganhou um aporte de peso. Elon Musk prometeu US$45 milhões por mês para o republicano.


Ponte JK

Brasília colocou a belíssima Ponte Juscelino Kubitscheck na lista das “27 pontes mais bonitas do mundo”, da revista norte-americana de viagens Condé Nat Traveler. É a única brasileira na lista.


Voos em jatinhos batem recorde

O total de voos realizados por autoridades do governo Lula (PT) e pelos presidentes dos Poderes em jatinhos da Força Aérea Brasileira bateu recorde para um único mês. Segundo os dados da FAB, foram 271 viagens apenas mês passado. Em maio, por exemplo, foram 85 voos. Este ano, até agora, o total já superou 930 viagens. O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, foi quem mais viajou em 2024, até o momento: requisitou jatinhos da FAB 71 vezes.


Ultraje tímido

Virou “consulta ao embaixador” do Brasil na Argentina a reação oficial do governo petista aos adjetivos usados pelo presidente do país vizinho, Javier Milei, sobre Lula (“corrupto”, “dinossauro idiota” etc.).


Baixaria mineira

Nikolas Ferreira (PL-MG) pediu que os EUA cancelem o visto de André Janones (Avante-MG), aquele deputado lulista flagrado em áudio exigindo rachadinha, por ter zombado do atentado contra Donald Trump. Janones chamou para briga: “vem cá tomar”. Tudo nas redes, claro.



:: Poder sem pudor


A Batalha de Itararé

O ex-presidente FHC ainda se diverte quando lembra o dia em que destacou o embaixador Júlio César Gomes dos Santos, aquele do escândalo Sivam, para atuar como mediador da crise Peru-Equador.

“Engalanado e investido de poderes plenipotenciários”, recordou-se FHC, divertido, papeando com amigo, “ele não pôde cumprir a missão: acabou protagonizando uma autêntica Batalha de Itararé”, aquela que não houve. Ao desembarcar, foi acometido de uma diarreia que durou cinco dias.


# Coluna do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder

Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo. Pode ser via Bradesco, ag 0239, cc 62.947-2, em nome de A Região Editora Ltda, ou pelos botões abaixo para cartão e recorrentes.

     


morena fm

 

#claudiohumberto #opiniao #brasilia #politica #claudio_humberto