a regiao
booked.net
claudio humberto
17.Fevereiro.2024

Estilo tosco de Rui Costa é ameaça

Políticos do PT estão apreensivos com a designação do ministro Rui Costa para a articulação política, como Lula definiu antes de decolar para nova turnê no exterior. O estilo rude do chefe da Casa Civil de tratar colegas, parlamentares e subordinados, fazendo jus ao apelido de “Dilma de paletó e gravata” pode ser, para eles, prenúncio de uma tragédia. Lula “amarelou” diante dos líderes de bancada, que exigiram afastamento de Alexandre Padilha alegando que o ministro “não honra compromissos”.


Jeito tosco de ser

Costa já se indispôs com todos os ministros relevantes, de Flávio Dino a Haddad, e seria habituado a gestos e palavras marcados por grosserias.


Câmara reage a escola ligada ao crime

O ministro de Direitos Humanos, Silvio Almeida, terá de explicar na Câmara sua participação no desfile da escola de samba Vai Vai, de São Paulo, investigada por ligações a facções criminosas como o “PCC”. Na investigação, a Vai Vai teve um diretor preso. O autor da convocação, deputado Paulo Bilynskyj (PL-SP), lembrou que Almeida é o mesmo ministro que patrocinou a participação da chamada Dama do Tráfico em evento de Brasília, “o mesmo que nada fez contra a morte de policiais”.


Apoio ao vandalismo

Almeida desfilou com o delinquente que incendiou a escultura de Borba Gato, em uma alegoria que exaltou o crime contra o patrimônio público. Ala da escola Vai Vai retratou policiais como “demônios” e exibiu outros adereços, como mestre sala e a porta-bandeira vestidos de presidiários.


Só para fazer turismo

Lula chegou ao Cairo no dia seguinte à reunião multilateral, para a qual não foi convidado e que discutiu a guerra em Gaza. Sem ter o que fazer e com agenda oficial pobre, Lula e Janja fizeram turismo nas pirâmides.


No carnaval, PT usa deboche contra o crime

O governador da Bahia, Jeronimo Rodrigues (PT), colocou em prática sua “importante medida para segurança”, no Carnaval: proibiu pistolas d'água em festas de rua. A gestão do debochado governador e antecessores desde 2007 não impediram 92.335 homicídios na Bahia desde que o PT assumiu. Foram 39.057 mortes só nas duas gestões de Jaques Wagner. Esse número subiu para 48.423 na época de Rui Costa, hoje chefe da Casa Civil. Jerônimo registrou 4.855 homicídios em 2023.


Homicídios dobraram

A taxa de homicídios na Bahia, que era de 23,5 para cada 100 mil habitantes em 2006, bate recorde e mais que dobrou para 47,1. O total de assassinados nos governos do PT equivale à população da maior parte dos municípios, como o baiano Santo Antônio de Jesus.


Rejeição a Lula

A desaprovação do presidente Lula entre evangélicos é de 57,1%, segundo levantamento Paraná Pesquisas. Só perde para a desaprovação do petista entre moradores da região Sul: 57,7%.


Estreia na crise

O ministro Ricardo Lewandowski (Justiça) viveu experiência inédita nesta quinta (15). Como nunca o fez antes, mesmo após polêmicas decisões no STF, ele tentou explicar o inexplicável: que prisões federais de “segurança máxima”, ao menos no Brasil, não são tão máximas assim.


Testosterona neles

O deputado José Medeiros (PL-MT) disse à coluna que os líderes do Congresso Nacional “precisam de testosterona” para defender as prerrogativas constitucionais dos parlamentares.


Como um faraó

Impressionados com a agenda sem pé nem cabeça de Lula no Cairo, diplomatas ficaram com a impressão de que a viagem foi inventada para que o presidente levasse Janja para ver as pirâmides.


Caros aluguéis

O gasto do Brasil na Etiópia no aluguel de equipamentos de informática (US$ 8,8 mil) para a visita de Lula na sexta (16) é maior que o aluguel do prédio onde funciona a embaixada (US$8 mil, R$38,7 mil).


Proposta quente

Parlamentares comemoraram esta semana a coleta de 80 assinaturas de apoio à Emenda à Constituição que submete a aval do Congresso as ações de busca e apreensão da PF nas repartições do Poder Legislativo.


Fim do faz-de-conta

Líder do PT na Câmara até dias atrás, Zeca Dirceu (PR) teve a própria mãe assaltada “com violência” por bandidos beneficiados pela atuação de parlamentares como ele e Tábata Amaral (PDT-SP), lacradora estridente que também foi alvo de bandidos violentos. Ninguém merece.


Pergunta na delegacia

Arrastão em casa de petista tem cem anos de perdão?


Carma

Líder da oposição, Carlos Jordy (PL-RJ) ironizou a cantora do Carnaval que gritou apoio a marginais e depois teve seu caríssimo colar roubado... por um marginal. “A lei da semeadura ao vivo e a cores”, descreveu.


Amentando o cordão

Após abrir o ano com discurso atípico de enfrentamento ao STF, o ultra-governista presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, voltou a defender Lula: “minha obrigação é ajudar o presidente Lula a governar esse país”.


Já foi país do samba

“A perseguição implacável contra Bolsonaro, sem fundamento mínimo, aniquila a imagem do Brasil perante o mundo, colocando o País como império do ódio, vingança e justiça parcial”, diz Bibo Nunes (PL-RS).


Bolsonaro dá banho em Lula nas redes

Mesmo enrolado em operação policial que o investiga por “tentativa de golpe”, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) ainda dá banho no principal rival, Lula (PT) nas redes sociais. Após fracassar em seu canal no Youtube, que nunca atraiu mais do que 5 mil pessoas, o petista pediu à Secretaria de Comunicação o fim do vexame. Para pouco mais de 29 milhões de seguidores de Lula nas quatro principais redes (Instagram, X, Facebook e YouTube), Bolsonaro soma mais que o dobro, 59 milhões.



:: Poder sem pudor


Fonte do planeta

Certa vez, ao ouvir do alagoano Geraldo Bentes, seu ex-secretário de Turismo, a piada de que os rios Capiberibe e Beberibe, do Recife, formam o oceano Atlântico, para ilustrar a suposta “mania de grandeza” dos pernambucanos.

O recifense Cristovam Buarque, então senador do PDT-DF, protestou imediatamente: “E quem disse que esses rios formam só o Atlântico?”


# Coluna do jornalista Cláudio Humberto, do Diário do Poder

Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo. Pode ser via Bradesco, ag 0239, cc 62.947-2, em nome de A Região Editora Ltda, ou pelos botões abaixo para cartão e recorrentes.

     


morena fm

 

#claudiohumberto #opiniao #brasilia #politica #claudio_humberto