a regiao
booked.net
malha fina

11.Setembro.2021

Papinha para bandidos

Voce pode achar que é mentira, de tão absurdo, mas o Tribunal de Justiça da Bahia paga "auxílio alimentação" para os desembandidos presos. Sérgio Humberto Quadros, por exemplo, ganha R$ 1.300 por mês para comprar suas quentinhas, mesmo tendo comida de graça na cadeia...

Gelado ganhou uma chance

O concurso aberto pela Caixa com vagas exclusivas para deficientes é uma grande oportunidade para Gelado "vou assumir um cargo importante no estado" Limões conseguir um empreguinho, já que no estado é barrado por Rui Costa. Afinal, Gelado também é deficiente... em votos.

Animação de velório

De quem foi a ideia "jeguial" de usar camisetas pretas na campanha contra o suicídio? Além de ser a cor do luto, ou seja, da morte, o preto não é uma cor muito recomendada para animar quem está em depressão... Tomara que as ações sejam mais sensatas que a embalagem.

Petistas pedendo o sono

bolsonaro 2022 Tem petista preocupado com as eleições de 2022 depois de ver a monumental carreata pro Bolsonaro em Itabuna, que fez fila dupla do Jardim do Ó até o canal, virando a esquina e seguindo pela Beira Rio até perto da Praça Camacan. Foi a maior já feita na cidade. E sem pagar gasolina.

Medo de retaliação?

O curioso foi o comportamento da mídia. Os blogs, rádios, tevês e sites de Itabuna, cheios de propaganda do governo do estado, não noticiaram que haveria, nem cobriram o evento. A Morena FM e A Região, que também têm mídia do estado, noticiaram e cobriram.

Nem Doril resolve isso

Em Salvador, suposto reduto do PT, a Barra parecia que estava em carnaval fora de época, lotada do Farol até o Cristo. O sucesso do evento bolsonarista e o fracasso do "grito dos excluídos", que de tão vazio parecia um sussurro, deu enxaqueca ao pessoal do PT.

Romaria ficou mais atraente

A comparação entre os eventos também ouriçou ainda mais o pessoal do PP, propenso a aderir a João Roma, que será o candidato de Bolsonado a governador da Bahia. Alguns pepistas acham que uma chapa "Jão Jão" é a única capaz de ir ao segundo turno com Neto.

Viações minam o emprego

Ilhéus podia estar gerando mais empregos se a Prefeitura fizesse seu trabalho direito. O péssimo serviço prestado pelas empresas de ônibus São Miguel e Viametro, além de irritar a população, agora também impede que as pessoas consigam um emprego no centro.

Sem ônibus, sem emprego

Empresas de todos os tipos no centro, de lojas e bares a hoteis e escritórios, estão deixando de contratar quem mora na zona norte ou na zona sul de Ilhéus. Isso porque as viações reduziram o número de ônibus e ninguém consegue chegar ao trabalho no horário.

Prefeito Marão, o omissão

Algumas empresas passaram a bancar mototáxi e até Uber, mas o custo fica alto demais e aí é melhor trocar o funcionário que mora longe por um que more perto. A culpa é da Prefeitura, que não exige frota nova e cumprimento de horários por parte da São Miguel e da Viametro.

Topa uma enganação?

Lembra do Topa, programa do PT que ia "erradicar o analfabetismo na Bahia"? Pois é, além de não ser erradicado, ele aumentou 3% e o estado tem hoje mais de 1,5 milhão de analfabetos, nada menos que 13% da população e incríveis 13,4% de todo o analfabetismo nacional. Valeu, PT!

O chão virando lava

Rui Costa foge de comentar o escândalo dos respiradores comprados em empresa de maconha, pagos antecipados e nunca recebidos. A CPI, dominada pela esquerda, se nega a investigar o caso, mas o senador Eduardo Girão pediu os dados de sigilo bancário e telefônico de Bruno Dauster.

Compra "baseada" em propina

Ex-secretário da Casa Civil, braço direito de Rui Costa, Dausler foi denunciado pela dona da empresa de maconha. Segundo seu depoimento na PF, Dausler pediu propina, o superfaturamento da compra e ainda a contratação de um amigo como "consultor" por US$ 400 mil.

Turismo de aventura...

inema Nos anos pares, quando acontecem as eleições, os políticos aparecem nos distritos de Ilhéus para pedir votos, como fez Marão nas duas vezes em que foi eleito. Depois, ele sofre de amnésia e esquece onde ficam os distritos ou até que existem. As estradas são um exemplo.

Eles voltarão

Perto de cada eleição, a estrada é patrolada, às vezes até recebe uma camada de cascalho. Mas depois que o sujeito é eleito, volta a rotina de distritos como Inema, Pimenteira e Ponta da Tulha, onde a estrada vira lamaçal sempre que chove e poeirão quando faz sol. Mas em 2022 tem eleição...

O rugido dos leões

A insistência do PT em forçar o seu candidato como o da base, mesmo o partido sendo nanico na Bahia, continua gerando reações e jogando o PP no colo de João Roma. Nesta semana, Cacá Leão, filho de João Leão, disparou: "candidatura de Wagner pertence ao PT. Não ao grupo".

Vai ser par, ou ímpar

Existem hoje duas ameaças ao projeto do PT de se eternizar no governo do estado. Um é a possibilidade do PP se juntar a Roma, esvaziando o grupo. Outra é o PP e o PSD lançarem uma chapa com Leão para o governo e Otto para o Senado. O PT que apoie se quiser...

Arrogância sem recheio

A arrogância política do PT é histórica, da época em que comandava 93 prefeituras na Bahia. Hoje só tem 29, todas pequenas. Ele só abre mão da cabeça de chapa quando tem certeza de perder, como fez ao apoiar a comunista Alice Portugal para apanhar de Neto em Salvador.

Nada como ser "amigo"

Parece que o empresário que insiste na obra ilegal da Praça do Esporte é mesmo "amigo do prefeito" de Itabuna. Até hoje, depois de mais de 30 dias, a Prefeitura não mandou tirar os três conteiners que impedem jogos de futebol, treino de rugby e o lazer dos moradores.

Comparado a Cuma

Na época em que a construção foi denunciada, o infrator afirmou que podia fazer a obra ilegal porque era "amigo do prefeito" Augusto Castro. Já tem gente comparando o atual prefeito a Cuma, que deixou um amigão ocupar uma praça para vender material de construção.

Irritação vira sabotagem

Os moradores falam em procurar a Câmara, mas ela está no bolso do prefeito. Outros lembram que em 2022 tem eleição e a possibilidade de sabotar os candidatos apoiados pelo prefeito. Vai sobrar para a primeira dama Andreia, candidata a deputada...

Quando 14 é igual a 3

O STF virou a mãe dos bandidos e madrinha da impunidade. Veja o caso de Geddel. Condenado a 14 anos de prisão por esconder R$ 51 milhões de propina, em espécie, num apê de Salvador, ele só ficou 3 anos preso. Alegando "risco de Covid", foi pra casa em 2020.

Não fica um preso

Depois de duplamente vacinado e com os casos caindo na Bahia, o MP pediu a volta dele para a cadeia, onde devia passar mais 11 anos cumprindo a pena. Ao invés disso, o ministro Fachin deu de presente a Geddel a prisão domiciliar. É mais um ladrão da turma de Lula que se livra.

Por que não cassa a carteira?

A julgar por uma nota oficial da OAB/Ilhéus, a profissão está cheia de picaretas de terno na cidade. A entidade cita dezenas de comportamentos imorais, de convencer gente inocente a entrar com ações sem futuro, até uso de documentos copiados e mentiras. Que coisa...

Muito tarde, muito pouco

Dona do maior número de homicídios do país, líder em assassinatos de jovens e negros, a Bahia teve um dia sangrento nesta semana. Apenas na quinta-feira 14 pessoas foram mortas no estado. A PM alega que "determinou ações imediatas". Ok, os mortos agradecem...

Tá ficando quente

O TSE condenou petistas por aglomeração na campanha... em Ipecaetá. O tribunal devia olhar para as aglomerações que o PT promoveu em Salvador para Major Denice, com fotos de Rui Costa e Jorge Solla, sem máscara, tirando selfies no meio da multidão.


Muito esforço foi feito para produzir estas notícias. Faça uma doação para repor nossas energias. Qualquer valor é bem vindo. Pode ser via Bradesco, ag 0239, cc 62.947-2, em nome de A Região Editora Ltda, ou pelos botões abaixo para cartão e recorrentes.

     


voz do brasil